Rede Mídia de Comunicação | Rede Sem Fronteiras

Você está em: Início > Notícias > Geral > LIONS JÁ OUVIU FALAR ???

LIONS JÁ OUVIU FALAR ???

Geral por Arleni Batista em 2015-09-10 15:40:36

Lions já ouviu falar?

- Missão do Lions Internacional - 

“ Criar e fomentar um espírito  entre os povos  para atender  às necessidades humanitárias  oferecendo serviço voluntário através do envolvimento na comunidade e da cooperação internacional”.

- Missão do Lions Clube do Rio de Janeiro - 

"A missão do Lions Clube do Rio de Janeiro é a de unir-se ás forças dos Lions Clubes do Brasil e de outras instituições que tenham como objetivo a prática da cidadania e da solidariedade, visando a contribuir com a dignificação do ser humano. Nossas ações devem divulgar os ideais leonísticos para fomentar a consciência humanitária, tendo como alicerce da nossa união a alegria de servir através do companheirismo e do trabalho voluntário.”

- UMA PARTE DA NOSSA HISTÓRIA -

O LIONS CLUBE DO RIO DE JANEIRO foi o primeiro Lions Clube fundado no Brasil, em 16 de abril de 1952, por ARMANDO FAJARDO, apadrinhado pelo Lions Clube de Montevidéu, que foi o primeiro Lions Clube da América do Sul.

ARMANDO FAJARDO era Diretor do Jockey Clube Brasileiro e homem de negócios da sociedade carioca quando Capital Federal do Brasil, e em uma de suas viagens ao Uruguai, através de PEDRO P. BERRO, Presidente e Fundador o LC MONTIVIDÉU e de NIVALDO NAVARRO, Delegado da Associação dos Lions Clubes, conheceu os ideais de servir de  MELVIN JONES que dos Estados Unidos florescia para todo o mundo. De lá trouxe para o Brasil a ideia de fundar o primeiro Clube de Lions do Brasil, concretizada numa Assembleia - almoço no Jockey Club Brasileiro que reuniu 40 homens de liderança da cidade do Rio de Janeiro em torno do ideal leonístico, sendo eleito o médico e professor ARNALDO DE MORAES (1952) como o primeiro Presidente do Lions Clube do Rio de Janeiro. Em seguida, em 23 de junho do mesmo ano, foi fundado o Lions Clube de São Paulo, sob a liderança de FLORIANO PEIXOTO DOS SANTOS, que recebe a homenagem de Fundador do Lions Paulista, e como um efeito cascata, foi fundado seguidamente centenas de outros Lions Clubes em todo o Brasil. No ano seguinte, em 1953, CL ARMANDO FAJARDO foi eleito o primeiro Governador do Distrito Leonístico do Brasil. Por estes, e por outros tantos motivos que traduziram CL ARMANDO FAJARDO como um homem solidário, com espirito associativo e com a coragem do pioneirismo, os Leões do Brasil, em convenção nacional, o contemplaram com a designação de O LEÃO NÚMERO 1 DO BRASIL.  Desde então o leonismo Brasileiro vem contribuindo imensamente a sociedade brasileira com obras e campanhas de assistência social. Cada Lions Clube é integrado por homens e mulheres de liderança de sua região e tomam decisões de como prestarem serviços à comunidade, sem lucro pessoal,  e sob a orientação do LIONS INTERNACIONAL, com a finalidade de se promover sinergismo internacional. Desta maneira, uma campanha promovida por um pequeno Lions Clube distante, que muitas vezes pode passar despercebida pela mídia, quando somado aos esforços internacionais, passa a ter uma grande importância humanitária.

MELVIN JONES foi o idealizador e fundador do leonismo internacional. Nascido em 13 de janeiro de 1880 em Fort Thomas, Estado do Arizona - EUA era pessoa benquista e Diretor da Agência Johnson & Higgins de Seguros em Chicago. Em 1913 recebeu um convite para jantar num clube de relacionamento chamado  "The Business Circle"  como muitos outros que existiam na época nas principais cidades dos Estados Unidos, em que cada membro representava uma categoria social. Este clube encontrava-se em decadência devido a conflitos de relacionamentos internos, e MELVIN JONES logo se destacou por suas habilidades de gestão diplomática e aglutinador de esforços e numa inspiração visionária organizou 27 clubes deste tipo numa organização única e integrada, que em 10 de outubro de 1917, em Dallas, Texas, denominou-se de ASSOCIAÇÃO INTERNACIONAL DE LIONS CLUBES. O nome de LIONS (LEÕES) foi escolhido, pois simbolizava, desde tempos imemoriais, a liderança, a força, a coragem, a altivez e a lealdade em todos os povos do planeta. O leonismo desde logo foi um movimento vitorioso visto pela sua rápida expansão por todo o mundo sendo que o Lions Clube de Windsor, de Ontário, Canadá foi o primeiro Clube com desdobramento internacional. Atualmente, no ano de 2003, a organização chama-se LIONS INTERNACIONAL e é a maior organização de serviços voluntários do mundo, presente em 189 países, com mais de 1.350.000 sócios. O Brasil ocupou a Presidência Internacional por duas vezes, sendo a primeira em 1977 pelo CL JOÃO FERNANDO SOBRAL,  Sócio Honorário do Mater Clube, e pela segunda em 1999 pelo CL AUGUSTIN SOLIVA.

Entre os sócios do Mater Clube, se destaca pela sua dedicação ao Clube o nome do advogado  CL QUELVES DOS SANTOS, que aos dezesseis anos, ainda estudante, começou trabalhar na secretaria administrativa deste clube, confiado pelo CL ARMANDO FAJARDO(1961), sendo que na presidência do CL IVANO VELLOSO DE CARVALHO (1981) foi-lhe outorgado por unanimidade o Título de Sócio Honorário em 10/1981. 

No ano de 2000, na virada do milênio, sob a presidência do CL IZIDORO DE HIROKI FLUMIGNAN, através de uma ampla consulta a todos os associados, o Mater Clube do Brasil aprovou por unanimidade a Declaração de Missão: 

"A missão do Lions Clube do Rio de Janeiro é a de unir-se ás forças dos Lions Clubes do Brasil e de outras instituições que tenham como objetivo a prática da cidadania e da solidariedade, visando a contribuir com a dignificação do ser humano. Nossas ações devem divulgar os ideais leonísticos para fomentar a consciência humanitária, tendo como alicerce da nossa união a alegria de servir através do companheirismo e do trabalho voluntário".

Os Leões estão por toda parte. Somos homens e mulheres atuantes em projetos comunitários.

Projetos na comunidade local

Os Leões são atuantes. Nosso lema é "Nós servimos". Os Leões integram uma rede mundial de serviços e fazem o que for necessário para ajudar a comunidade em que vivem.

Os Leões proporcionam a visão. Ao realizar exames de vista, equipar hospitais e clínicas, distribuir medicamentos e conscientizar sobre doenças oculares, os Leões trabalham voltados para sua missão de oferecer visão a todos. Ampliamos nosso compromisso com a preservação da visão através de incontáveis projetos comunitários locais, bem como por meio de nosso Programa SightFirst Internacional, que tem por objetivo erradicar a cegueira.

Os Leões servem à juventude. Muitos de nossos projetos comunitários levam assistência a crianças e escolas locais através de bolsas de estudo, recreação e orientação. Internacionalmente, oferecemos vários programas, incluindo o Concurso de Cartaz sobre a Paz, Acampamentos e Intercâmbios Juvenis e o Lions-Quest. E nosso Programa Leo promove o crescimento pessoal por meio de oportunidades de voluntariado para jovens. 

Os Leões oferecem subsídios. Desde 1968, a Lions Clubs International Foundation doou mais de US$ 700 milhões em subsídios para apoiar projetos comunitários humanitários do Lions no mundo todo. Juntos, nossa Fundação e os Leões estão ajudando as comunidades após catástrofes naturais, suprindo necessidades imediatas com alimentos, água, roupas e medicamentos, além de ajudarem também na reconstrução em longo prazo.

Lions Clubes - Prontos para ajudar no mundo inteiro.

Sempre que um Lions Clube se reúne, os problemas ficam menores. E as comunidades ficam melhores. Isso acontece porque oferecemos ajuda onde é necessário, em nossas comunidades e em todo o mundo, com integridade e energia inigualáveis.

Onde quer que trabalhemos, fazemos amizades. Com crianças que precisam de óculos, idosos que não tem o suficiente para comer e até pessoas que talvez nunca conheçamos.

O LC1 é reconhecido por sua luta contra a cegueira – isso faz parte da nossa história e também do nosso trabalho atual. Mas também fazemos trabalho voluntário em diferentes tipos de projetos comunitários, como a preservação do meio ambiente, a alimentação dos famintos e a ajuda aos idosos e deficientes.

Em 20 de julho o Distrito LC1 fez sua posse conjunta no Clube Monte Líbano na Lagoa-RJ (fotos)

O Distrito LC1, no dia 21 e 22 de agosto de 2015 confraternizou ao lado do nosso Governador Mauricio Eloy Silva saudando o Presidente Internacional Companheiro Yamada em sua visita ao Brasil. Parabéns pela belíssima recepção ao Presidente Internacional Jitsuhiro Yamada.  Uma honra para o Lions Clube Rio de Janeiro Distrito LC1 ter a visita do maior dirigente do nosso movimento. Levamos nosso Presidente Yamada ao Cristo Redentor. Ele ficou emocionado com a beleza do monumento e com a visita a nossa cidade maravilhosa. Aproveitou o passeio e elogiou muito a recepção. (fotos)

O Lions Clubes Internacional comemora seus 100 anos.  O nosso Distrito já se reúne para organização dos festejos. 

FAF - Fundação Armando Fajardo - Reunião de setembro de estudos e projetos. Dia do caminhoneiro e Ação de Acuidade Visual. Presente vários companheiros e meu Presidente do Lions Tijuca Jose Leal de Matos. (fotos)

Dia 04 de setembro no Lions Tijuca aconteceu o Boteco do Leão e acontecerá sempre com o objetivo de reunir companheiros através de momentos de lazer com música ao vivo.  Presenças marcantes

2º Vice Governador LC1 - Cl Benedito Chiaradia de Oliveira e DM Cal Regina Celia Baptista de Oliveira

Secretaria Geral LC1 - Cal Aurora Eugênia de Souza Carvalho

Tesoureiro Geral  LC1 - Cal  Antonio Lisboa de Carvalho Neto

Goverandora do Clube de Castores - CC Nayhara Karina de Souza Carvalho

Cal Teresinha dos Anjos Cardoso (Teca) - aniversariante

Visitante Adm. de Empresas Leandro Batista da Costa filho da Cal Arleni Batista

Dia 07 de setembro – Dia da Independência do Brasil no desfile, na Av. Pres. Vargas no Rio de Janeiro o LC1 esteve presente.  Civismo sempre!! (fotos)


Fonte: www.lions.org.br

            www.lions.clubs.org



Arleni Batista




 

Deixe seu comentário, ele é muito importante para nós

* Seus dados não serão exibidos a terceiros.

Publicidade

Veja também