Rede Mídia de Comunicação | Rede Sem Fronteiras

Você está em: Início > Notícias > Eventos > Orquestra Bela Oeste se apresenta no Municipal de Niterói

Orquestra Bela Oeste se apresenta no Municipal de Niterói

Eventos por Alberto Araújo em 2018-08-22 21:22:06

Música que pode salvar. Parece clichê, mas é a verdade existente por trás da Orquestra Bela Oeste, nascida em uma das comunidades mais violentas do Rio de Janeiro: a Vila Kennedy. Jovens carentes como alunos e dois policiais como professores. Não é ficção. É a realidade deste Projeto, coordenado pelo capitão da Polícia Militar Carlos Pimenta Jr. e pelo escritor e produtor cultural Binho Cultura. E o público niteroiense vai poder conferir a apresentação da Bela Oeste, no dia 30 de agosto, quinta-feira, às 19h, no Teatro Municipal de Niterói, em noite que marca também a estreia do projeto InteraCidade e que vai contar, ainda, com a participação da Orquestra Sinfônica Aprendiz (OSA).

 

O repertório do concerto vai de Bach à Lady Gaga, passeando por temas como: Ária da Quarta Corda (J. S. Bach), Hallelujah (Leonardo Cohen), Piratas do Caribe (Hans Zimmer), Você é linda (Caetano Veloso), Too Good to say Goodbye (Bruno Mars), Eine Kleine Nachtmusik (Mozart), Despacito (Luis Fonsi), entre outros.

 

Niterói será a primeira cidade a receber o InteraCidade, iniciativa que vai levar a Orquestra Bela Oeste por vários municípios do Estado, com a finalidade de integrar projetos e linguagens artísticas, por meio da cultura. O trabalho tem como objetivo também fortalecer as potencialidades e as ações localizadas dentro da estratégia da ‘Cultura de Paz’, sobretudo, para as crianças e jovens em idades vulneráveis.

 

Sobre a Orquestra Bela Oeste:


Fundada em novembro de 2015, a Orquestra Bela Oeste é resultado de uma parceria, na qual policiais músicos dão aulas para jovens de vários bairros do entorno da Vila Kennedy, de forma gratuita. A orquestra é composta por 50 integrantes, entre crianças, adolescentes e jovens. A sede do projeto fica no Teatro Mário Lago, em Vila Kennedy, no Rio.

 

No trabalho, Educação e Cultura são os elementos imprescindíveis para romper com os paradigmas e com o ciclo vicioso imposto aos territórios populares, assombrando vidas que neles moram. Projetos como a Orquestra Bela Oeste provam que talento e força de vontade existem. No plano real, dois cidadãos cariocas, oriundos dessa ‘zona de conflito’, o escritor e Cientista Social Binho Cultura e o Capitão Músico, Carlos Pimenta Jr colocaram as mãos na massa. Nesse caso, os ‘outros lados’ são metáforas, nascidos e criados na Vila Aliança, o Policial e o Cientista Social sobreviveram e se tornaram referências positivas dentro de suas respectivas áreas de atuação, em suas trajetórias assistiram a vidas de pessoas conhecidas sendo exterminadas por uma guerra que parecia não ter fim, entre o lugar onde moravam e a Vila Kennedy, ambas separadas pelo Morro do Retiro. O sonho de paz saiu do abstrato para o concreto quando o Capitão Pimenta, na época, Subcomandante da Companhia Independente de Músicos da Polícia Militar do Rio de Janeiro, colocou os seus policiais músicos à disposição de Binho, que além de sua formação, atua como mediador de conflitos em áreas conflagradas.

 

A Orquestra Sinfônica Aprendiz:

Principal formação orquestral do Programa Aprendiz-Música na Escola, mantido pela Prefeitura de Niterói, a Orquestra Sinfônica Aprendiz foi criada em 2007 como uma oportunidade para que os alunos egressos das Escolas Municipais – locais onde o Programa Aprendiz atua – possam dar continuidade aos estudos musicais. Na OSA, os interessados aprofundam o aprendizado da música, tanto a partir das classes de instrumentos e de teoria e percepção musical, quanto, principalmente, pela prática em conjunto. Atualmente, a OSA é composta por 50 jovens instrumentistas, com idades entre 14 e 23 anos.

 

Atualmente, existem vários integrantes e ex-integrantes da OSA que iniciaram suas carreiras em orquestras profissionais, como Daniel Silva – violoncelo da Orquestra Sinfônica Nacional – ou que seguiram formação no magistério, como Diogo Moura, integrando ainda o quadro de equipe do Aprendiz.

 

SERVIÇO:

Orquestra Bela Oeste e Orquestra Aprendiz

Data: 30 de agosto de 2018, quinta-feira

Horário: 19h

Duração: 120 minutos

Classificação indicativa: livre

Endereço: Rua Quinze de novembro, 35, Centro, Niterói-RJ

Telefone: (21) 2620-1624

Ingresso: R$ 20

 

 

Horário de funcionamento da bilheteria:

• Ingressos antecipados: terça a sexta, das 10h às 18h.

sábados, domingos e feriados, das 15h às 18h (se houver teatro Infantil, das 17h às 18h).

• Ingressos para o espetáculo do dia: das 10h até o início do mesmo.


--





Fotos da Orquestra Bela Oeste - crédito fotográfico: Alice Venturi

Deixe seu comentário, ele é muito importante para nós

* Seus dados não serão exibidos a terceiros.

Publicidade

Veja também